Revista Rosa dos Ventos - Turismo e Hospitalidade https://sou.ucs.br/revistas/index.php/rosadosventos <p>A Revista <strong>Rosa dos Ventos - Turismo e Hospitalidade</strong>, com quatro números por edição, é um periódico acadêmico dedicado à reflexão e à discussão sobre o Turismo, Hospitalidade e temas transversais, cuja primeira edição circulou em 2009. </p> <p>A RRV-TH tem por missão abordar cientificamente, dando visibilidade e fomentando a discussão acadêmica, aspectos relacionados ao Turismo e a Hospitalidade, com foco na Educação, na Epistemologia, na Gestão, na Cultura e no Meio Ambiente.</p> <p>Seu escopo foi definido a partir de uma visão multidisciplinar dos fenômenos turístico, que reconhece suas implicações nas dimensões da hospitalidade e da mobilidade, e seus desdobramentos no planejamento público, na gestão ambiental e na gestão cultural, nas instituições, nos serviços, na economia, considerando a sustentabilidade em suas várias dimensões.</p> <p> </p> Educs pt-BR Revista Rosa dos Ventos - Turismo e Hospitalidade 2178-9061 Riesgos socioambientales y turismo desde la teoría de los sistemas complejos, con perspectiva de género: https://sou.ucs.br/revistas/index.php/rosadosventos/article/view/533 <p>El estudio de las Ciencias Ambientales ha requerido del ejercicio de la interdisciplinariedad en el camino hacia la comprensión del comportamiento del ser humano y su relación con el entorno donde habita. En este contexto, el presente artículo tiene como objetivo realizar un análisis de la producción científica respecto de los riesgos socioambientales derivados del turismo, desde la Teoría de los Sistemas Complejos y la perspectiva de género; la metodología utilizada se basó en un análisis de contenido, dividido en los tópicos principales del tema correspondientes a la literatura publicada durante diez años [2012-2022], en buscadores como Google académico, Redalyc, Dialnet y Scielo, en su mayoría en lengua española, pues el acceso a la literatura anglosajona sigue siendo costosa o de acceso limitado. Los principales resultados son: basta presencia de las perspectivas positivistas; omisión de la perspectiva o teoría utilizada en cada estudio y la incipiente incorporación de la perspectiva de género a los estudios socioambientales que abordan la Teoría de los Sistemas Complejos. Por lo que se expone la necesidad de mayor presencia de investigaciones críticas y que contemplen a los riesgos socioambientales con perspectiva de género, además de considerar la multi e interdisciplinariedad, es necesario recurrir a la transdisciplinariedad como camino de construcción de un conocimiento integral.</p> Gloria Guadalupe García-Aguilar Rocio del Carmen Serrano-Barquin Graciela Cruz-Jiménez Yanelli Daniela Palmas-Castrejón Copyright (c) 2024 Gloria Guadalupe García-Aguilar, Rocio del Carmen Serrano-Barquin, Graciela Cruz-Jiménez, Yanelli Daniela Palmas-Castrejón 2024-03-27 2024-03-27 16 1 Proposição de Fatores que influenciam o uso de Criptomoedas para Pagamento de Serviços Turísticos: https://sou.ucs.br/revistas/index.php/rosadosventos/article/view/1090 <p>O setor do turismo vem sendo impactado devido às novas inovações tecnológicas. As criptomoedas, por exemplo, definidas como uma moeda virtual, mais comumente conhecida no mundo pela moeda Bitcoin, passaram a ser uma alternativa de forma de pagamento dos turistas que estão começando a descobrir que elas oferecem diversas oportunidades. No entanto, ainda há uma carência de conhecimento sobre os fatores e mecanismos que afetam a inclinação dos turistas para adotar criptomoedas para o consumo relacionado a viagens. Este trabalho tem como objetivo propor um conjunto de fatores que podem influenciar o uso de criptomoedas como forma de pagamento de serviços turísticos baseado em uma revisão sistemática da literatura, somada a uma revisão bibliométrica da produção acadêmica encontrada, visando aprofundar este campo de discussão no contexto do turismo. Como estratégia metodológica, realizou-se a revisão sistemática sobre o tema “Criptomoedas”, mais especificamente “Adoção de Criptomoedas”. A partir disso, foram analisados 47 artigos científicos. Por meio da compilação e entendimento dos estudos analisados a revisão sistemática contribuiu para a proposição de um conjunto de fatores: utilidade percebida, facilidade de uso, atitude, diversidade de recursos de transação, segurança percebida, suporte regulatório, inovação pessoal e influência social, que podem interferir na intenção de um usuário de criptomoedas utilizá-las para pagar seus serviços turísticos, o qual será testado em futuras pesquisas. O conjunto de fatores propostos é projetado para considerar características das criptomoedas que permitem que pesquisadores e profissionais obtenham insights sobre os fatores que influenciam a aceitação e a intenção de usar criptomoedas.</p> Gislainy Silva Luiz Mendes Filho Copyright (c) 2024 Gislainy Silva, Luiz Mendes Filho 2024-03-27 2024-03-27 16 1 Uma Revisão Sistemática do Brand Love nas pesquisas em Turismo https://sou.ucs.br/revistas/index.php/rosadosventos/article/view/658 <p style="margin: 0cm; text-align: justify;">Este estudo tem por objetivo realizar uma revisão sistemática da produção científica envolvendo brand love nas pesquisas em turismo. Trata-se de uma pesquisa descritiva de abordagem qualitativa. Para tanto, buscou-se artigos nas bases de dados Scopus e Web of Science a partir dos termos ‘brand love’ and ‘tourism’, entre 2015 e 2021, resultando em uma amostra final de 21 estudos. Para análise das publicações, que foi feita com base em três categorias analíticas, recorreu-se ao software Iramuteq, no qual foram realizadas a Classificação Hierárquica Descendente (CHD), a Análise Fatorial de Correspondência (AFC) e a nuvem de palavras. Os resultados permitiram extrair cinco clusters: (1) destinos turísticos; (2) empreendimentos hoteleiros; (3) cultura; (4) papel do residente; e (5) consumo turístico. Também foi possível elencar recomendações para pesquisas futuras a partir dos estudos avaliados. Esta pesquisa fornece subsídios informacionais acerca da produção científica sobre brand love no turismo/hospitalidade. Os pesquisadores da área poderão usufruir de um panorama dos estudos nesta seara, a fim de dar continuidade ao desenvolvimento do construto no cenário turístico, uma vez que este tópico ainda é recente nas investigações em turismo.</p> José William de Queiroz Barbosa Lissa Valéria Fernandes Ferreira Copyright (c) 2024 José William de Queiroz Barbosa, Lissa Valéria Fernandes Ferreira 2024-03-27 2024-03-27 16 1 A Relação entre a Criação de Equipamentos Públicos de Lazer e a Violência Urbana: https://sou.ucs.br/revistas/index.php/rosadosventos/article/view/1419 <p>A incidência de casos violência pode ser uma questão recorrente nas grandes metrópoles, afetando os espaços urbanos e levando ao afastamento da população. Nesse contexto, torna-se essencial a criação de políticas públicas para enfrentar esse desafio, e a implementação de espaços públicos de lazer surgindo como uma alternativa viável para atrair novamente as pessoas às ruas e promover um maior convívio social, o que pode melhorar a qualidade de vida nas comunidades. O presente artigo teve como objetivo compreender como a criação do equipamento público de lazer, Parque Urbano da Macaxeira, influenciou na sensação de segurança e interação social dos moradores do bairro da Macaxeira, em Recife, Estado de Pernambuco [Brasil]. Utilizou-se uma abordagem quantitativa, contando com a participação de 94 frequentadores do Parque, para analisar a opinião dos visitantes relacionada à infraestrutura oferecida no local e sua influência para o convívio social da comunidade. Os resultados destacam os impactos positivos da criação do Parque da Macaxeira na percepção de segurança e na qualidade de vida da comunidade, ressaltando a importância dos espaços públicos de lazer para constituição de ambientes urbanos mais seguros e atrativos.</p> Gabriel Tenório dos Santos Maria Helena Belchior Copyright (c) 2024 Gabriel Tenório dos Santos, Maria Helena Belchior 2024-03-27 2024-03-27 16 1 Avaliação dos serviços ofertados por três hostels de São Paulo: https://sou.ucs.br/revistas/index.php/rosadosventos/article/view/965 <p>A hotelaria lida com pessoas diferentes, o maior desafio sendo o de estabelecer padrões que atendam de maneira eficiente, a todos os consumidores. Considerando a ampliação da popularidade dos hostels como opções de acomodação, o objetivo deste trabalho foi o de verificar a percepção dos hóspedes, no que se refere ao nível de qualidade dos serviços prestados por três hostels com melhor avaliação na cidade de São Paulo [Brasil]. A pesquisa, de abordagem indutiva, qualitativa, exploratória e descritiva, utilizou o método netnográfico para coletar, compreender e analisar dados secundários de Conteúdo Gerado pelo Usuário [CGU]. Foram identificados os quatro critérios que impactam diretamente na satisfação dos hóspedes dos hostels analisados: a localização, a limpeza, o atendimento e o custo-benefício, levando à conclusão de que os hóspedes reconhecem tais critérios ao avaliar um estabelecimento. As avaliações disponíveis em websites são úteis tanto para possíveis visitantes quanto para os gestores, que podem usá-las para alcançar níveis mais altos de eficiência na entrega dos serviços e de satisfação do hóspede. Conclui-se que os hostels estudados são modelos de empreendimentos hoteleiros para empresários, gestores, organizações de fomento ao Turismo e aos acadêmicos.</p> Rodrigo Ribeiro de Oliveira Sofia Vendrame Ferreira Raul José de Souza Copyright (c) 2024 Rodrigo Ribeiro de Oliveira, Sofia Vendrame Ferreira , Raul José de Souza 2024-03-27 2024-03-27 16 1 Modelo conceitual de um destino inteligente: Caso da rota turística Don Vasco, Michoacán, México https://sou.ucs.br/revistas/index.php/rosadosventos/article/view/467 <p>O objetivo é propor um modelo conceitual de uma rota turística inteligente, com base no estado da arte dos modelos de turismo, especialmente o turismo inteligente que atualmente se apresenta em múltiplos destinos e um diagnóstico SWOT na rota turística Don Vasco, Michoacán, México. O método utilizado é qualitativo e interpretativo de tipo documental para o estado da arte, e um diagnóstico SWOT aplicado ao caso do roteiro turístico. Entre os resultados expostos, identificam-se modelos sistêmicos, como os expressos por Ritchie e Crouch, Sergio Molina, Ascanio, Leiper, Santana, Boullon, Hall e Beni, que respondem a sistemas complexos e dinâmicos, mas o modelo de turismo inteligente inclui o uso uso intensivo de tecnologia, abrindo novos nichos de mercado em áreas rurais e urbanas. Assim, pode-se concluir que a proposta de um modelo conceitual de rota turística inteligente implica múltiplas inter-relações nos atores do território e governança ativa. Embora existam limitações como insegurança e heterogeneidade na gestão da tecnologia entre os envolvidos com o turismo.</p> Georgina Jatzire Arevalo Pacheco Iliana Rodríguez-Santibáñez Copyright (c) 2024 Georgina Jatzire Arevalo Pacheco, Iliana Rodríguez-Santibáñez 2024-03-27 2024-03-27 16 1 A Problemática dos Resíduos Sólidos no Destino Turístico Natal [Brasil] https://sou.ucs.br/revistas/index.php/rosadosventos/article/view/1118 <p>A massificação turística potencializa os impactos ambientais nas zonas costeiras, principalmente com a ascensão do Turismo de Sol e Praia. Os altos níveis de concentração humana resultam no crescimento desenfreado dos padrões de produção e consumo, e no consequente despejo de resíduos sólidos no ambiente natural. O objetivo deste estudo é analisar a percepção dos prestadores de serviços turísticos que trabalham na Praia de Ponta Negra, no Rio Grande do Norte, sobre a problemática dos resíduos sólidos e refletir acerca dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030. Para tanto, utilizou-se como metodologia a pesquisa descritivo-exploratória, com abordagem metodológica quantitativa. Quanto aos procedimentos metodológicos, empregou-se a pesquisa bibliográfica e de campo. Para alcançar os objetivos propostos, foi aplicado um questionário in loco com 30 prestadores de serviços turísticos que atuam no local. Os resultados demonstram que a Praia de Ponta Negra está sendo impactada negativamente com o descarte inadequado dos resíduos sólidos, provenientes de sua utilização em massa, que acarretam em diversos problemas ambientais, dentre eles a atração de vetores de doenças, como os roedores.</p> J´´essica Alves da Silva Marya Maryanna de Carvalho Trindade Marcelo da Silva Taveira Mauro Lemuel de Oliveira Alexandre Copyright (c) 2024 J´´essica Alves da Silva, Marya Maryanna de Carvalho Trindade, Marcelo da Silva Taveira, Mauro Lemuel de Oliveira Alexandre 2024-03-27 2024-03-27 16 1 Indicadores de Atividade Turística em Áreas de Bananais no Norte do Estado de Santa Catarina [Brasil] https://sou.ucs.br/revistas/index.php/rosadosventos/article/view/725 <p>Este artigo tem como objetivo identificar os indicadores turísticos a serem priorizados nas regiões bananeiras do norte catarinense. O turismo na área dos bananais se beneficia da preservação da Mata Atlântica. O modelo de produção agroecológica gera interesse e envolvimento das pessoas no desenvolvimento do turismo na região. O estudo foi desenvolvido por meio de abordagem qualitativa e quantitativa, procedimento de survey e questionário via survey. Testes de correlação bivariada foram desenvolvidos tendo como variável independente a preservação ambiental. Assim, o uso da matriz foi listado em ordem de prioridade: necessidade de maior valorização da Denominação de Origem, fomento à agricultura familiar, fomento ao turismo gastronômico, desenvolvimento do setor hoteleiro e incentivo ao empreendedorismo local. Propõe-se um modelo de indicadores turísticos relacionados à bananicultura e à importância da preservação ambiental. As descobertas beneficiam moradores e produtores, operadores de turismo e pessoas envolvidas na formulação de políticas de incentivo a viagens e preservação ambiental em torno de plantações de banana</p> Priscila Cembranel Felipe Teixeira Dias Jhordano Malacarne Bravim Cintia Martins André Riani Costa Perinotto Jakson Renner Rodrigues Soares José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra Copyright (c) 2024 Priscila Cembranel, Felipe Teixeira Dias, Jhordano Malacarne Bravim, Cintia Martins, André Riani Costa Perinotto, Jakson Renner Rodrigues Soares, José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra 2024-03-27 2024-03-27 16 1 Turismo em Espaço Rural: https://sou.ucs.br/revistas/index.php/rosadosventos/article/view/1460 <p>La edición del libro Turismo en Espacio Rural: Innovaciones y Desafios Pospandemia es otra iniciativa cualificada del Centro de Investigaciones y Estudios Turísticos, que abarca los retos que enfrenta el turismo rural, presentando los secretos mejor guardados de los destinos rurales, en el periodo después de la pandemia Covid-19. La publicación reúne 16 artículos, abordando especialmente el contexto argentino.</p> Adela Puig Copyright (c) 2024 Adela Puig 2024-03-27 2024-03-27 16 1 Rede Turismo Rural Consciente no Brasil e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 https://sou.ucs.br/revistas/index.php/rosadosventos/article/view/1062 <p>O presente relato de experiência é resultado de um estudo de caso, realizado através de investigação junto aos membros da Rede TRC (Turismo Rural Consciente) ao enfrentar os desafios trazidos pela Pandemia de Covid-19 e discutindo os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável).&nbsp; Os ODS têm o papel de orientar a resolução de conflitos socioeconômicos, políticos e ambientais da atualidade, abrangendo também o turismo como atividade determinante para transformações no espaço e na sociedade. Cada um deles tem desdobramentos que convergem entre si. O trabalho destaca especificamente o Objetivo 12, que se refere a “Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis”. Turismo Rural Consciente é um coletivo de empreendedores, com representantes de todas as regiões brasileiras, agindo com responsabilidade, sustentabilidade, incentivando a acessibilidade e a inclusão. Os principais resultados indicam que as experiências em Turismo Rural devem ser prazerosas, privilegiando o convívio entre visitantes e visitados, semeando tranquilidade, caminhando para implementação de novos paradigmas que envolvam as comunidades e região, procurando a sustentabilidade. A criação da Rede TRC é recente e ainda exige maior articulação entre seus membros e ampliação de suas ações, para que realmente seja legitimada enquanto iniciativa coletiva. Este documento mostra um panorama inicial e atual das articulações dos envolvidos, frente ao atendimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.</p> Aline Moraes Cunha Andreia Maria Roque Roque Marcia Polibichara Odaléia Telles Marcondes Machado Queiroz Rosana Harder Ker Copyright (c) 2024 Aline Moraes Cunha, Andreia Maria Roque Roque, Marcia Polibichara, Odaléia Telles Marcondes Machado Queiroz , Rosana Harder Ker 2024-03-27 2024-03-27 16 1